terça-feira, 28 de dezembro de 2010

ATERRO SANITÁRIO CONSORCIADO DO CARIRI. QUANDO??

NA SEMANA PRÓXIMA PASSADA OCORREU EM JUAZEIRO DO NORTE, MAIS UMA REUNIÃO DOS GESTORES MUNICIPAIS DO PROJETO DE IMPLANTAÇÃO DO ATERRO SANITÁRIO CONSORCIADO DO CARIRI.

DOS 10 MUNICÍPIOS QUE COMPÕEM O CONSÓRCIO, APENAS A METADE DOS GESTORES ESTEVE PRESENTE EM IMPORTANTE DISCUSSÃO E DELIBERAÇÃO PARA A ESCOLHA DA ÁREA DE IMPLANTAÇÃO.


Lixão do município de Barbalha, Ceará.
A LENTIDÃO PARA UMA TOMADA DE DECISÃO JÁ SE TORNA INEXPLICÁVEL. POR FALTA DE INSTRUMENTOS LEGAIS QUE AMPAREM A OPERACIONALIZAÇÃO E OBRIGATORIEDADE DA GESTÃO DOS RESÍDUOS SÓLIDOS NÃO É, POIS A MAIS RECENTE LEI FEDERAL No. 12.305/2010 QUE TRATA DA POLÍTICA NACIONAL DOS RESÍDUOS SÓLIDOS, COMBINADA COM A LEI ESTADUAL No. 13.103/2001, regulamentada pelo decreto 26.604/2002 e, complementada pelos planos municipais de gerenciamento dos resíduos sólidos, já são dispositivos legais POR DEMAIS suficientes para que o aterro sanitário consorciado do cariri saia urgentemente do papel!!

na discussão sobre o aterro consorciado, o maior impasse entre os gestores públicos foi a questão do custo, do financeiro.
incrível, como a questão da saúde ambiental foi tratada. não se pode contabilizar apenas monetariamente o cuidado com a qualidade de vida ambiental!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário